O que é o abono salarial e como receber o benefício

Para quem tem a carteira assinada a mais de 5 anos já tem direito ao PIS, no qual é uma abono salarial que hoje em dia representa um dos maiores apoios dados pelo Governo Federal para ajudar o povo trabalhador do país que não tem uma renda inferior à três salários mínimos, onde esse abono ajuda a complementar a renda da família.

Esse benefício é pago pelo Governo anualmente, o abono tem um calendário que é feito pelo o nosso Governo de acordo com a Caixa, nesse ano, o PIS vem contando com algumas novidades, como quem recebia o benefício não pode perder. A seguir você irá conferir mais informações e ver quem tem o direito ao abono salarial deste ano da Caixa Econômica Federal.

Saiba quem tem Direto ao Abono Salarial

O PIS tem regras, e é claro, como todo benefício do Governo esse não seria diferente, só será pago aos trabalhadores que se enquadram nas regras da CLT para o pagamento do benefício. O trabalhador deve e precisa cumprir os seguintes requisitos para ter acesso ao benefício do abono salarial.

O trabalhador tem que ter o cadastro no PIS durante 5 anos para passar a ter direito ao benefício, e no ano atual é necessário ter trabalhado durante 30 dias com carteira assinada abono salarial 2020.

Agora para os benefícios pagos no primeiro semestre do ano que vem, será necessário ter trabalhado pelo menos 30 dias durante o ano passado para obter o direito, a empresa que o trabalhador cumpriu seu período de carteira assinada precisa, no ano anterior, ter informado o seu nome na relação anual de empregados entregue ao Ministério do Trabalho, a RAIS.

Claro que para isso valer, a empresa precisa ser do setor privado, pois se trabalhador for do setor público não vai valer essas regras, pois não é o mesmo benefício, porque o benefício de quem trabalha no setor público é chamado de PASEP. A remuneração do trabalhador não exceder a faixa de 2 salários mínimos por mês para poder receber o PIS.

Saiba o que é o CLT

O CLT cujo a sigla significa Consolidação das Leis do Trabalho, essa é a lei norma legislativa brasileira que funciona referente ao Direito do trabalhador e ao Direito processual do trabalho. Essa lei é fundamental para os trabalhadores brasileiros, ela foi criada através de um Decreto de lei em 1° de maio de 1943 e sancionada pelo o presidente Getúlio Vargas junto com o seu filho Diego Vargas.

Getúlio Vargas durante o seu período na presidência foi unificando toda a legislação trabalhista então existente no Brasil, a lei do CLT foi inspirada na Carta del Lavoro do governo de Benito Mussolini na Itália, enquanto outros consideram este fato como uma mistificação.

Com o surgimento da CLT como necessidade constitucional após a criação da Justiça do Trabalho no ano de 1939. O Brasil passava por um momento de desenvolvimento, onde sua economia passava por mudanças de agrária para industrial, em janeiro de 1942 o presidente em exercício Getúlio Vargas e o Ministro do Trabalho e Emprego Alexandre Marcondes Filho trocaram as primeiras ideias sobre a necessidade de fazer uma consolidação das lei do trabalho.
Depois de ler esse artigo falando sobre o PIS passando para você as demais informações que precisa saber sobre o seu benefício. Não esqueça de deixar o seu comentário falando o que achou do conteúdo escrito.

Como consultar os lotes de pagamento da restituição do imposto de renda

A parte de restituição do imposto de renda 2020 é uma das mais aguardas pelos contribuintes. Quem declarou tem que ficar de olho nas informações sobre esse processo, mesmo por que ele é muito importante também. Fazer a declaração é muito importante, depois disso você tem que conferir as informações sobre as restituições que também fica disponível na internet para consulta.

Aqui você confere maiores detalhes a respeito da restituição e poderá entender melhor a respeito da mesma. Se você declarou o seu imposto o próximo passo é saber das restituições. Essa parte pode ser consultada até mesmo pela internet.
Hoje em dia a Receita Federal analise bem todas as declarações e quem deixou de informar dados verídicos acaba não recebendo a restituição. Por isso que sempre orientamos que essa parte seja feita de forma correta, por que é indispensável.

O que é a Restituição do imposto de renda

Entender o que é a restituição de imposto de renda te faz perceber a importância da mesma. Quem se encaixa nos requisitos, deve tomar muito cuidado com isso, principalmente com as questões de prazos.

Restituição imposto de renda 2020

A restituição nada mais é do que a devolução da diferença do imposto pago. É a diferença do imposto de renda a ser pago em relação ao que já foi pago ou retido na fonte. Por isso que é muito importante que o cidadão acompanhe essas informações para que ele saiba se vai receber algo ou não.

Essa parte é muito importante por que várias pessoas esperam a restituição, e por isso que acaba sendo importante consultar essas informações. Desde que você tenha o direito, com certeza você receberá.

Quem tem o direito de receber a restituição

Tem direito a receber a restituição do imposto de renda quem pagou imposto a mais. Para que você saiba se tem direito, na sua declaração vai constar. Logo, é indispensável declarar de forma correta para evitar qualquer tipo de problema.
Consultando você terá conhecimento se tem alguma restituição para receber. No próximo tópico informamos como você pode fazer essa consulta sem ter que ir a uma unidade da Receita. Pela internet mesmo você consulta e sem nenhum tipo de custo.

Conforme os lotes de restituição vão sendo publicados pela Receita você poderá consultar se receberá algo ou não. Muito fácil consultar essas informações pela internet, e muito mais acessível do que ir em atendimentos presenciais para essa finalidade.

Como fazer a consulta ao lote da restituição

Você pode consultar o lote da restituição imposto de renda pela internet mesmo. Um procedimento muito simples e fácil de ser feito. A Receita Federal disponibiliza no site a opção para que a consulta seja feita. Para consultar basta preencher os dados pedidos de forma correta.

Segue o link onde você consulta:

  • www.receita.fazenda.gov.br;
  • Você precisa informar o numero do CPF;
  • Depois informe o exercício (ano).

O site vai retornar com as informações para você consultar. Faça a consulta conforme a Receita for publicando os lotes, assim você terá conhecimento se tem alguma restituição para receber ou não.

Caso tenha alguma dúvida referente ao que foi dito acima deixe o seu recado agora mesmo para que possamos esclarece-lo o mais breve possível. Não esqueça de compartilhar esse artigo com os seus amigos e familiares por meio de suas redes sociais.

Como enviar a declaração de imposto de renda

Você que deseja saber a tabela e o calculo do imposto de renda vamos mostrar aqui nesse artigo, veja como funciona o imposto de renda e o que é. O instrumento usado para saber das alíquotas de contribuição, essa alíquota irá definir o valor do imposto que cada contribuinte irá pagar.

A declaração do imposto de renda, esse processo exige atenção, organização e tempo de nós contribuintes declarar o nosso imposto e fazer com que o nosso país arrecade para ajudar na infraestrutura do país.

Existem dois tipos de tabela do imposto de renda, e todas as duas é necessário fazer o cálculo do imposto de renda. Para ficar mais fácil de compreender, prossiga com a leitura do nosso artigo e veja como fazer a sua declaração em segurança.

Veja o que é as alíquotas do Imposto de Renda

A receita federal divide o valor do imposto de renda de acordo com quatro faixas salarias, cada uma delas possuem uma alíquota de 7,5% até 27,5%. Quanto maior o salário bruto, mais a faixa salarial que se enquadra e consequentemente, maior o valor do imposto que deve ser pago.

Com o objetivo de evitar dores de cabeça e declarações atrasadas, elaboramos um material para esclarecer todo o processo e tirar todas as dúvidas que podem surgir nesse exato momento. A seguir você verá 5 importantes pontos em relação à declaração:

  • Como declarar o Imposto de Renda;
  • Quem deve declarar o IRPF 2019;
  • Tabela do Imposto de Renda 2019;
  • Datas e cronograma do IRPF 2019;
  • O que é IRPF e como ele funciona.

Cada ponto é fundamental para não deixar nada para trás quando estiver realizando sua declaração anual de imposto de renda. É comum ter algumas dúvidas, as datas, os valores, e as alíquotas podem mudar com o novo ano e pegar trabalhadores e investidores de surpresa. Por esse motivo, você está no caminho certo.

Veja como calcular o seu Imposto de Renda

Veja como é calculado o imposto de renda, é preciso compreender que nem todo o recebimento entra para a conta. Apenas os rendimentos tributáveis devem ser considerados para a cálculo. Ou seja, o salário e o dinheiro que é de uma casa de aluguel são rendimentos tributáveis e devem entrar para a conta do imposto de renda no ano seguinte.

Com isso, para entender em qual faixa salarial você se encontra, some apenas os rendimentos trbutáveis. E em seguida, subtraia o valor referente às contribuições do seu INSS, pois esse valor também não entra para o cálculo imposto de renda 2020.

Vamos aqui mostrar o processo que assusta milhares de brasileiros de forma fácil e prática, vamos começar com um pequeno resumo que pode te dar um norte sobre esse passo a passo:

  • Junte as documentações necessárias;
  • Baixe o Gerador da Receita Federal e complete suas informações;
  • Escolha o modelo de sua declaração;
  • Envie dentro do prazo;
  • Corrija eventuais erros.

Sabemos que o imposto é obrigatório e deve ser pago o quanto antes ou até o dereminado prazo, mas você sabe exatamente como funciona todo o processo. Além dos seus dados cadastrais mais comuns, como CPF, RG, título de eleitor e outros, a receita federal exige alguns comprovantes. Veja alguns deles a seguir:

  • Informe de rendimento do empregador, caso tenha tido contrato de trabalho no ano anterior;
  • Informe de rendimento do seu banco comercial;
  • Informe de rendimento de sua corretora, caso tenha algum investimento.

Depois de ler o nosso artigo sobre o Imposto de Renda, não esqueça de deixar o seu comentário falando o que achou do nosso conteúdo inscrito. Boa sorte!

Como realizar a consulta tabela Fipe 2020

O Brasil está a caminho de ultrapassar a Alemanha como o quarto maior mercado mundial de veículos este ano, já que a demanda por carros no país continua a ultrapassar os países desenvolvidos, afirmam montadoras e analistas do setor.

A expansão econômica alimentada por recursos do país provocou um forte crescimento na compra de carros no ano passado, que superou a expiração dos incentivos fiscais introduzidos após a crise financeira no final de 2008, que terminou em março.

O mercado brasileiro de veículos e acessórios é um dos maiores do mundo, pois esses produtos continuam sendo parte fundamental da cultura de consumo do país. Neste artigo, traçaremos o perfil dos consumidores de veículos e listaremos os maiores meios de comunicação desse segmento no Brasil.

Mercado de automóveis no Brasil

Desde o desenvolvimento urbano do Brasil, os veículos automotores tornaram-se uma das principais formas de transporte e alguns dos produtos mais desejados pela população do país. A cultura automobilística brasileira é conhecida mundialmente e serve como uma representação das muitas oportunidades que os players locais e estrangeiros enfrentam ao entrar neste mercado .

vendas-fipe

Segundo o fornecedor de inteligência de mercado JATO Dynamics, 3,3 milhões de veículos novos foram vendidos no Brasil em 2014, o que torna o país o quarto maior mercado automotivo do mundo, superado apenas pela China, Estados Unidos e Japão. O país também possui um mercado substancial de carros usados, pois 13,3 milhões de unidades foram comercializadas durante o mesmo ano, segundo dados da Fenauto, ou Federação Nacional de Revendedores de Veículos Automotores.

A grande maioria dos carros no Brasil é vendida por concessionárias e revendedores de carros usados, pois a Internet é reservada aos mercados de veículos usados ​​e a um pequeno número de fabricantes pioneiros no modelo de vendas de comércio eletrônico. Ainda assim, a internet desempenha um papel importante para os compradores de veículos, pois pesquisas realizadas em 2014 pelo fornecedor de inteligência de mercado JD power indicam que 50% dos compradores de automóveis no país usam informações coletadas online para tomar decisões de compra.

Perfil do Consumidor

Embora os compradores de automóveis possam ser encontrados em todas as regiões brasileiras e faixas etárias de adultos, alguns segmentos da população do país apresentam maiores oportunidades para os participantes do setor automotivo.

Em termos de segmentação regional, vale ressaltar que o maior número de compradores de automóveis está presente nas regiões sul do país. Segundo as autoridades de trânsito brasileiras, as regiões Sul e Sudeste somam 76% da frota de veículos do país, enquanto os demais veículos são divididos nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

fipe

Um estudo de 2014 da empresa de pontuação de crédito Serasa Experian apresenta informações intrigantes sobre o perfil dos compradores brasileiros de veículos. Segundo o relatório, a maioria desses compradores são jovens localizados nos subúrbios das cidades brasileiras e adultos entre 30 e 60 anos, localizados em áreas urbanas, que juntos representam mais de 40% dos compradores de veículos no país.

Outros segmentos representativos incluem profissionais independentes da classe trabalhadora urbana e da classe média, que representam 24,2% dos compradores, e empresários, que representam 12,6% dos compradores.

Realize a consulta de preços antes de comprar ou vender

A Tabela Fipe 2020 disponibiliza oficialmente e exclusivamente através deste canal consulta pública ao preço médio de veículos, sendo necessário consultar modelo a modelo desejado. Além disso, é livre e gratuito o download do aplicativo (App) oficial, cujo link também se encontra nesta página.

Os preços efetivamente praticados variam em função da região, conservação, cor, acessórios ou qualquer outro fator que possa influenciar as condições de oferta e procura por um veículo específico.

tabela-fipe

Ao comprar ou vender um carro novo ou usado, a grande maioria das pessoas acaba entrando em contato com a tabela Fipe. Enquanto alguns sabem do que se trata, muitos não entendem muito sobre o que é essa ferramenta e como ela é usada pelo mercado. Podemos definir brevemente a tabela Fipe como uma ferramenta que acaba criando referências para definir o valor de um veículo em particular.

Como estamos em um país onde a lei do livre mercado está em vigor, ninguém, nem mesmo o governo, pode fixar o preço de venda de um consumidor ou propriedade legal. Portanto, a tabela Fipe serve apenas como uma referência aos valores que podem ser cobrados. Portanto, a tabela ainda é a melhor maneira de consultar ou definir os preços de um veículo específico.

Previsão dos 5 carros mais vendidos de 2020

A indústria automotiva brasileira competiu com outras latino-americanas comparativamente até 1960, mas teve dois saltos, tornando o Brasil como líder regional a princípio e um dos líderes mundiais. Perto do final da década de 1970, novas capacidades foram construídas pelos EUA e pela Alemanha.

A indústria brasileira é regulamentada pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, criada em 1956, que inclui montadoras de automóveis, veículos leves, caminhões, ônibus e máquinas agrícolas com fábricas no Brasil. Anfavea faz parte da Organização Internacional dos Construtores de Automóveis, com sede em Paris.

A maioria das grandes empresas globais está presente no Brasil; como BYD , Fiat , Grupo Volkswagen , Ford , General Motors , Nissan Motors , Toyota , MAN SE , Mitsubishi , Mercedes-Benz , Renault , Honda , Hyundai , Kia , Volvo , BMW , Subaru , Chery , Geely , JAC Motors , Lifan , Peugeot ,Porsche , Audi , Citroën , Jeep , Land Rover , Mini , Lexus , etc.

Crescimento do mercado automobilístico no Brasil

A produção de veículos no Brasil cresceu 6,7% em 2020 em comparação a 2019. O número foi publicado nesta terça-feira (8) pela Associação Nacional dos Veículos Automotores ( Anfavea ), segundo informações da Agência Brasil . De janeiro a dezembro do ano passado, o Brasil produziu 2,88 milhões de unidades.

carro-zero

Em 2020, foram vendidos 2,566 milhões de veículos novos, incluindo veículos leves, caminhões e ônibus, um crescimento de 14,6%, segundo a Agência Brasil . O mercado interno impulsionou o setor, uma vez que as exportações caíram. As vendas externas de veículos, incluindo máquinas agrícolas e rodoviárias, totalizaram US $ 14,5 bilhões em 2020, uma queda de 8,6%.

O mercado brasileiro de veículos continua crescendo em 2020 e registrará o terceiro crescimento anual consecutivo, alcançando perto de 2,65 milhões de unidades vendidas, mais de 25% em relação ao pico negativo, e ainda próximo de 25% longe do recorde. Chevrolet, Volkswagen e Fiat no topo da lista controlam 47% do mercado, enquanto Renault , Toyota e Hyundai são as marcas emergentes

Tendência de mercado

O mercado brasileiro de veículos caiu de um recorde de 3,6 milhões  quando ficou em quarto lugar no mundo, abaixo dos 2 milhões, com uma queda vertical sem precedentes e inesperadas. A principal razão por trás da queda foi o Plano Nacional Automotivo, que impôs aos fabricantes novos padrões em termos de conteúdo, segurança e emissões, reservando ainda mais vantagens aos modelos locais produzidos para importados de fora da região.

lançamentos-carros

Além disso, a economia do país está em dificuldades e, na década anterior, a estabilidade política e social deixou espaço para uma batalha política sem limites, que penalizou as expectativas e o esforço econômico. No entanto, o mercado doméstico de automóveis atingiu o primeiro patamar no primeiro trimestre de 2020, quando o volume estava acima de 45% abaixo do nível e um novo caminho positivo foi abordado.

Principais marcas de automóveis no Brasil em 2020

Nos últimos anos, o mercado mudou radicalmente. Até 2019, as três principais marcas, Volkswagen, Fiat e Chevrolet detinham mais de 60% de participação de mercado, enquanto na verdade essas três marcas contam 47%, apesar de permanecerem as marcas mais vendidas no mercado. Eles perderam quase 15 pontos de participação nas marcas de rápido crescimento, como Renault, Toyota, Hyundai, Jeep e Nissan, enquanto outros jogadores tradicionalmente fortes, como Ford, Peugeot e Mitsubishi, caíram.

O ranking a seguir é baseado inteiramente nas taxas de receita e produção carros 2020, confira abaixo quais são as marcas e quais os modelos que elas estão apostado:

1. FIAT

A FIAT possui apenas uma fábrica em Betim, MG, responsável por toda a produção no Brasil. A FIAT tem o maior volume de vendas do país e, em 2020, quatro dos 10 carros vendidos eram da produção da FIAT: Palio, Strada, Uno e Siena.

2. Chevrolet
A empresa possui a maior variedade de automóveis “flex” do mercado e o Brasil ocupa a terceira posição em termos de volume de vendas da marca em todo o mundo, atrás apenas dos EUA e da China.

carros-tendência

3. Volkswagen
A Volkswagen possui quatro fábricas no Brasil (três no estado de São Paulo e uma no Paraná) e foca no design e na segurança para atingir os consumidores brasileiros. Em 2020, a Volkswagen vendeu 576.626 unidades no Brasil.

4. Ford
A empresa possui 4 fábricas no Brasil, uma no estado da Bahia e três no estado de São Paulo. Recentemente, a marca desenvolveu o novo Fiesta na tentativa de renovar a marca, um projeto extremamente bem-sucedido que conquistou a aprovação dos consumidores brasileiros.

5. Hyundai
A Hyundai construiu recentemente uma instalação de produção em Piracicaba, SP, responsável pela produção do modelo HB20. Este modelo foi o primeiro carro Hyundai fabricado no Brasil e rapidamente se tornou o sexto carro mais vendido no país.

7 lançamentos mais esperados para 2020

Se você estiver procurando por um sistema de áudio para automóvel e gostaria de economizar um pouco na compra, considere comprar um sistema usado. Muitas pessoas pensam que você só pode obter um som de qualidade com novos equipamentos, mas isso não é verdade.

Você pode encontrar ótimos pacotes vendidos diretamente de outro consumidor, se souber o que está procurando. No entanto, há algumas coisas a serem lembradas antes de fazer uma compra. Se você está pensando em comprar um sistema usado, pense nessas coisas antes de gastar qualquer dinheiro.

A primeira coisa a considerar é o que você precisa. Você deve sempre estar ciente do que o seu automóvel pode suportar antes de comprar um sistema usado. Quando você vai a uma loja para comprar novos equipamentos, o vendedor geralmente ajuda a saber o que você precisa.

Saiba como comprar um bom lançamento de carro

Porém, quando você está comprando de um consumidor, pode não estar obtendo informações corretas. Como a maioria dos consumidores não oferece uma política de reembolso, você precisa saber que o equipamento funcionará no seu carro antes de comprá-lo.

A melhor maneira de descobrir o que você precisa é pesquisar. Vá a um vendedor ou a um especialista em áudio e pergunte sobre o equipamento específico que você está procurando. Pergunte-lhes se funcionará no seu carro. Você pode até deixá-los inspecionar seu carro, mas eles provavelmente podem dizer se ele funcionará ou não por telefone. Depois de saber que o equipamento funcionará para o seu carro, você precisará garantir que o equipamento funcione como deveria. Peça para testar o equipamento, se ele não estiver em um carro no momento.

Se você não puder testar o equipamento, talvez não queira comprá-lo. Mesmo que alguém lhe diga que funciona bem, pode não ser tão honesto quanto você gostaria de pensar. A maioria dos vendedores é honesta, mas alguns tentam enganá-lo e você não quer ser sua próxima vítima fotos de carros 2020.

Portanto, verifique se você sabe o que precisa para o seu automóvel atual e o sistema de áudio do carro que você está visualizando ainda é utilizável. Se você fizer essas duas coisas, poderá economizar muito dinheiro comprando equipamentos de qualidade usados. É sempre bom economizar dinheiro, mas você só deseja comprar equipamentos usados ​​que funcionarão para você. Caso contrário, você realmente não salvou nada.

Veja como comprar um carro importado

É elegante. É confiável. Tem estilo. Quando você pensa que seu fiel BMW está funcionando perfeitamente, suas rodas começam a parecer um pouco de vez em quando, e parece que elas podem jogá-lo para fora da estrada em breve. Você certamente tem certeza de que não foi algo que fez, porque certamente está cuidando do seu melhor amigo. Você decide que talvez isso tenha acontecido devido ao uso frequente.

Você certamente gostaria de mostrar essa coisinha elegante o máximo possível. E com o ótimo passeio confortável que você oferece, você simplesmente não pode deixar de usá-lo a qualquer momento ou quando sentir que deseja suportar as coisas desse carinha. Pode ser difícil de aceitar, mas parece que você precisa se despedir das rodas BMW e substituí-las. Em breve.

Você certamente percebeu o que esses BMW estavam fazendo por você esse tempo todo. Sem suas rodas BMW, você pode não ter chegado a qualquer destino escolhido por seu coração. As rodas BMW funcionam e atuam como mediador entre o carro e a estrada. Isso acontece porque eles transportam a energia do seu motor em um movimento para a frente. E as rodas BMW suportam uma enorme quantidade de forças em todas as direções, de modo a manter seu veículo sempre sob controle.

10 cursos mais procurados no Senai

O Senai é uma instituição de interesse público sem fins lucrativos. Fundado em com a principal missão de promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a competitividade da Indústria Brasileira.

Além disso, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial entrou no mercado brasileiro a fim de ser reconhecido como referência em educação profissional por todas as indústrias do Brasil, oferecendo assim serviços técnicos e tecnológicos alinhados às demandas do segmento industrial.

Abaixo você verá informações referente aos cursos do Senai, quais são os seus principais cursos, os mais requisitados e como se inscrever em tais da maneira rápida e segura. Por isso você que realmente tem interesse em entrar em um dos cursos do Senai leia atentamente os tópicos a seguir.

Cursos mais procurados do Senai

Os cursos oferecidos pela instituição do Senai é um dos mais procurados por todas as pessoas que tem interesse de entrar no segmento industrial. Vale ressaltar que varias pessoas que já passaram pelos cursos do Senai já saíram das unidades com estágios supervisionados e trabalhos garantidos, devido a sua experiência na parte teórica e na parte pratica.

Abaixo você poderá conferir quais são os cursos que estão disponíveis na maioria de suas instituições espalhadas por todo o Brasil. É interessante que antes de se inscrever nos cursos pagos ou nos cursos gratuitos do Senai 2020, você já tenha discernimento do que vai cursar para que assim não se arrependa e tenha eu trocar de cursos no período das aulas. Veja:

Senai

  1. Técnico em Administração;
  2. Técnico em Automação Industrial;
  3. Técnico em Biotecnologia;
  4. Técnico em Comunicação Visual;
  5. Técnico em Eletromecânica;
  6. Técnico em Informática;
  7. Almoxarife e Obras;
  8. Confecção e Moda;
  9. Confeitaria;
  10. Assistente Administrativo;

Além dos 10 mais procurados as Unidades do Senai disponibiliza os seguintes cursos para todas as pessoas que desejam estudar no Senai e garantir a sua qualificação profissional e ingresso para o mercado de trabalho. Veja:

  • Assistente em Recursos Humanos;
  • Assistente em Almoxarifado;
  • Eletroeletrônica;
  • Impressão Flexográfica;
  • Impressão Serigráfica;
  • Manutenção Civil;
  • Mecânica de Automóveis;
  • Processos Logísticos;
  • Rede de Computadores;
  • Telecomunicações;
  • Usinagem Mecânica.

Esses cursos listados acima estão entre os mais procurados das unidades espalhadas por todo Brasil. Você poderá se informar a respeito dos valores dos cursos através do atendimento presencial ou telefônico, no site também é possível ter conhecimento a respeito desses detalhes ou indo na unidade mais próxima a você.

Busque o máximo de informação possível para que você possa saber tudo sobre o curso que pretende fazer nessa instituição. Atenção nos prazos para se inscrever, não deixe de participar do processo seletivo e conquiste sua vaga o quanto antes, assim as oportunidades vão se abrindo no mercado para você.

Cursos Senai Online

Além dos cursos presenciais a instituição Senai disponibiliza cursos pagos e gratuitos de forma online, utilizado por muitas pessoas que moram distantes das unidades dos cursos Senai.

Onde o aluno poderá receber o conteúdo que ia aprender pessoalmente sem sair de casa. Porém para isso tem que ter pontualidade e comprometimento no seu horário de estudo para que assim você venha passar em todas as provas e estar especializado e graduado nos cursos online Senai.

Entre no site do Senai e veja qual curso se encaixa mais em seu perfil, se inscreva e comece a realiza-lo agora mesmo.
Caso tenha alguma duvida referente ao mesmo deixe o seu recado que te responderemos o mais breve possível. Não deixe de compartilhar esse artigo com os seus amigos e familiares por meio de suas redes sociais. Boa Sorte!!